Instigator / Pro
0
1500
rating
2
debates
50.0%
won
Topic
#4963

O nazismo foi uma ideologia de esquerda

Status
Finished

The debate is finished. The distribution of the voting points and the winner are presented below.

Winner & statistics
Better arguments
0
0
Better sources
0
0
Better legibility
0
0
Better conduct
0
0

After not so many votes...

It's a tie!
Parameters
Publication date
Last updated date
Type
Standard
Number of rounds
5
Time for argument
Two weeks
Max argument characters
30,000
Voting period
One week
Point system
Multiple criterions
Voting system
Open
Contender / Con
0
1300
rating
220
debates
44.77%
won
Description

Primeira vez fazendo isso, se mexi em alguma característica errada ou que atrapalhe o debate, estou aceito a sugestões.

Round 1
Pro
#1
O nazismo originalmente desenvolvido por Adolf Hitler (ditador alemão), seguiu princípios de regulação estatal e forte domínio do Estado,  e socialista nacional com perspectiva idiossincrática sobre o socialismo,  pois queria misturar individualismo e coletivismo, onde o ariano não deveria trabalhar pelo lucro e sim para o coletivo e sempre prezando o todo (coletivo). Não vou comentar tanta coisa nesse primeiro argumento, deixarei o debate andar.
Con
#2
The left wing ideology is about equality for everyone, not just one particular race.
Round 2
Pro
#3
Hitler em seu Mein Kampf disse que após ele, não deveriam existir classes ou estados. O nazismo perseguia marxistas não porque era marxista, era Nacional Socialista e aprendeu com técnicas e ensinamentos marxistas. Porém diferenciava quanto a propriedade privada e sua vontade intrínseca de misturar individualismo com coletivismo. 
Mein Kampf - trecho das páginas 271 - 272 - Hitler: "The jew offers the most striking contrast to the Aryan. There is probably no other people in the world who have so developed the instinct of SELF PRESERVATION as the so - called 'chosen' people'."
Trecho da página 289: Hitler " The jew seized upon the manifold possibilities wich the situation offerred him for the future. While on the one hand he organized CAPITALISTIC METHODS OF EXPLOITATION to their ultimate degree of efficiency, he curried favour with the victmis of this policy and his power and in a short while became the leader of their struggle against himself". Aqui fica evidente: Hitler perseguia judeus porque eles seriam capitalistas, exploradores e individualistas, coloque ênfase no individualismo. Noutra parte, ele explica crer em uma teoria onde os marxistas estavam sendo comandados por judeus capitalistas: Mein Kampf - página 555 - Hitler:  "The internationalization of our German economic system, that is to say, the transferece of your productives forces to the control of Jewish international finance, can be completely carried out only in a State that has been politically bolshevized. But the marxism fighting forces, commanded by international and Jewish stock-exchange capital, canot finnally smash the national resistence (O Nacional Socialismo nazista) in germany whitout friendly help from outside". Quanto ao marxismo supracitado pela vossa concorrência, sim ele buscava a igualdade, Hitler desejava a raça ariana trabalhando sem fins lucrativos e querendo o bem - estar coletivo, misturando o individualismo pois arianos mais habilidosos  permaneceriam nos maiores cargos e ajudando a raça. Além do ditador alemão, o Joseph Goebbels anotou uma conversa privada entre os dois e também corrobora: "Hitler está chegando. Problemas discutidos: Questão social. Ele fala por 3 horas. Brilhante. Tudo isso está em sua brochura e no próximo volume 2 de seu [Mein] "Kampf". Nos damos bem. Nós perguntamos. Ele responde brilhantemente. Eu o amo. Questão social. Novos insights. Ele pensou em tudo. Seu ideal: COLETIVISMO MISTURADO COM INDIVIDUALISMO. Corporações, fundos fiduciários, produção acabada, tráfego, etc. Socializados. Podemos conversar sobre isso".
Fonte: Joseph Goebbels. Tagebücher, Band 1, Einführung 1924-1929. Müncher, Piper Verlag, 1999. P. 240-241. Próxima resposta é sua, companheiro.

Con
#4
He did say there should be no classes, but thats obviously a lie. The Hitler exploited Jews with hard labor, then killed them. Thats so not left wing. He may have used some left wing tactics, but that does not make him completely left wing, as he didnt believe in equality for all people, just for Germans lmao
Round 3
Pro
#5
Ele acreditava em igualdade e nações dirigidas por arianos, tal como Marx e Engels queriam a extinção das classes e e abolição do Estado, Hitler também o queria. Hitler, "segundo livro", página 50: "I am a german nationalist. This means that i proclaim my nacionality.  My whole thought and action belongs to it. I am a socialist. I see no class and no social state before me, but that community of the folk, made up of people who are linked by blood, united by a language,  and subject to a same general fate".  A diferença é que ele não era socialista marxista,  e sim nacional socialista com apenas algumas diferenças como a propriedade privada dos meios de produção e a mistura entre individualismo + coletivismo. Ou seja: ele queria abolir as classes sociais e o estado, porém manter a propriedade privada, assim os arianos deveriam todos mostrar suas habilidades e quem obtivesse maior competência iria ter melhores cargos, trabalhando individualmente não para sí, mas pelo bem da raça (coletivo) e jamais por lucro, pois Hitler acreditava que o capitalismo é explorador. Sua vez, colega.
Con
#6
Marx and Engels wanted the extinction of classes
Yes, but it meant that everyone becomes equal.
Hitler wanted literal extinction of Jews. So not to destroy class alone, but also to destroy humans themselves, therefore destroying equality.

What also needs to be noted is that it was mostly the left wing who fought against Hitler. Even today, it is the left wing who oppose fascism and nacism. It is the right wing who are in overwhelming majority of cases the ones supporting fascism and Hitler. I literally never met a Communist who supports Hitler, but I have met plenty of rightwings not only tolerating, but supporting Hitler and his ideas.
Round 4
Pro
#7
E novamente precisarei dizer que, Hitler perseguia judeus por eles serem individualistas e na visão dele, capitalistas exploradores. E o nazismo não foi MARXISTA, ele APRENDEU com o marxismo, porém era NACIONAL SOCIALISTA, e devido a isso e algumas discordâncias do marxismo, o nazismo matava socialistas e comunistas. "Aprendi muito com o marxismo e não pretendo escondê-lo" - Hitler. Mas como já havia dito, as técnicas e métodos marxistas, tais quais principalmente a revolução de 1917 inspirou demais o ditador alemão. E você citou também o fascismo, deixo aqui semelhanças entre nazismo, fascismo, marxismo e as interpretações Leninistas/Trotskystas sobre marx:
Citação: "A teoria da revolução permanente baseia-se no fato de que a classe trabalhadora não pode atingir sua emancipação sem primeiro derrubar o Estado capitalista." - Lênin - Citação: "O estado deve usar a violência para suprimir a dissidência e manter a ordem." - Giovanni Gentile, A Doutrina do Fascismo, Capítulo 3 - Citação: "O povo alemão tem direito a Lebensraum, ou espaço vital, e podem alcançar esse objetivo por meio de guerra e conquista." - Adolf Hitler, Mein Kampf, Capítulo 5 Liderança carismática: As três ideologias são baseadas no culto à personalidade, ou seja, são lideradas por um líder carismático visto como infalível. Marx acreditava que a classe trabalhadora seria liderada por um partido de vanguarda composto por intelectuais revolucionários. Gentile acreditava que o estado deveria ser liderado por um líder forte que pudesse unir o povo italiano. Hitler acreditava ser o Führer, ou líder, do povo alemão e que estava destinado a conduzi-los à grandeza. - Citação: "O partido de vanguarda dos intelectuais revolucionários liderará a classe trabalhadora para derrubar o Estado capitalista." -  Lenin, na Teoria da Emancipação.  Capítulo 3 - Citação: "O estado deve ser liderado por um líder forte que possa unir o povo italiano." - Giovanni Gentile, A Doutrina do Fascismo, Capítulo 4 - Citação: "Eu sou o Führer, ou líder, do povo alemão, e estou destinado a conduzi-los à grandeza." - Adolf Hitler, Mein Kampf, Capítulo 6 - Antiliberalismo: As três ideologias são antiliberais, o que significa que se opõem aos princípios de liberdade individual, democracia e mercados livres. Marx acreditava que o capitalismo era intrinsecamente explorador e que eventualmente seria substituído por uma sociedade comunista na qual não haveria propriedade privada ou divisões de classe. Gentile acreditava que o estado deveria ser a autoridade suprema na sociedade e controlar todos os aspectos da vida do indivíduo, incluindo educação, trabalho e religião. Hitler acreditava que o indivíduo estava completamente subordinado ao estado e que o estado deveria ser usado para promover a pureza racial alemã. - Planejamento econômico: As três ideologias acreditam que a economia deve ser planejada pelo estado, em vez de ser deixada ao livre mercado. Marx acreditava que o estado eventualmente possuiria todos os meios de produção e distribuiria bens e serviços de acordo com a necessidade. Gentile acreditava que o estado deveria desempenhar um papel líder na economia e usar o planejamento econômico para promover interesses nacionais. Hitler acreditava que o estado deveria controlar a economia para alcançar seus objetivos de expansão nacional e pureza racial. - Engenharia social: As três ideologias acreditam que o estado deve usar a engenharia social para criar uma nova sociedade. Marx acreditava que o estado eventualmente criaria uma sociedade comunista na qual não haveria classes sociais, propriedade privada ou guerra. Gentile acreditava que o estado deveria usar a engenharia social para criar uma sociedade fascista na qual o indivíduo estaria completamente subordinado ao estado. Hitler acreditava que o estado deveria usar a engenharia social para criar uma sociedade nazista na qual o povo alemão seria uma raça superior. Semelhanças que aproximam demais as três ideologias. E para provar-lhe como o nazismo e o fascismo diferiam do socialismo marxista, e ainda sim continuavam sendo socialistas, deixo duas frases e reflexões delas.
Hitler:“O socialismo é a ciência de lidar com o bem comum. O comunismo não é o socialismo. O marxismo não é o socialismo. Os marxistas roubaram o termo e confundiram o seu significado. Tire o socialismo dos socialistas.
O socialismo é uma antiga instituição ariana e germânica. Nossos antepassados alemães tinham certas terras em comum. Cultivaram a ideia do bem comum. O marxismo não tem o direito de se disfarçar de socialismo. O socialismo, ao contrário do marxismo, não repudia a propriedade privada.
Nós poderíamos ter nos chamado o Partido Liberal. Nós escolhemos chamar-nos [de] ‘os nacional-socialistas’. Nós não somos internacionalistas. Nosso socialismo é nacional. Exigimos o cumprimento das reivindicações justas das classes produtivas pelo Estado, com base na solidariedade racial. Para nós, Estado e raça são um.” Hitler no Theguardian. Observe: ele diz não ser marxista e ainda sim expressa o socialismo nacional, e escolheu o nome "socialista nacional" não porque o termo estava forte na época, mas por realmente sê-lo, e consequentemente, trabalhou nisso fervorosamente, os artigos Against the Mainstream: nazi privatizations in 1930s germany^2 e Nazi and soviet economic plannings in 1930s comentam a economia e várias peculiaridades nazistas, e o segundo post acadêmico já em sua primeira página expressa: "os nazistas foram socialistas em nome, e em prática". Enquanto o primeiro evidencia que as privatizações nazistas eram práticamente estatais, pois expropriavam empresas e davam a membros do partido e eles decidiam qual seria o destino da empresa. Última entrevista de Mussolini: "Por isso fui e sou socialista, a acusação de incoerência não tem fundamento, minha conduta sempre foi reta no sentido de olhar a substância das coisas e não para a forma. Eu me adaptei socialisticamente à realidade. Como a evolução da sociedade desmentiu muitas das profecias de Marx, o verdadeiro socialismo passou de possível a provável. O unico socialismo viável socialisticamente é o corporativismo, a confluência, o equilíbrio e os interesses de justiça em relação ao coletivo. Conforme citado em "Soliloquy for 'freedom', Trimellone Sland", Na ilha de trimelone na Itália, o jornalista  Ivanoe Fossani entrevistou Mussolini pouco antes da sua morte, em 20 de março de 1945, da Opera Omnia. Reflexão: Mussolini admitiu possuir crença no Socialismo Fabiano, tipo de socialismo que mistura Estado e Empresas, sendo corporativista. O Livro do Stanley Payne: "A história do fascismo 1919 - 1945" também explica: Mussolini tinha a idéia da nação unida, e a Carta del Lavouro feita pelo Estado fascista deixava explícito o quanto ele queria igualdade entre os trabalhadores, sindicalistas e o Governo.

Con
#8
Not all Jews were capitalists. Most of them were, in fact, just ordinary citizens.

Plus, Hitler could have treated Jews as he did treat German capitalists. But no he didnt. Instead he treated them unequally.

Left wing is all about equality for all, not just for one specific race. Everyone is equal so everyone gets treated equally. Now, of course, there are different versions of left wings, but I still havent met a single left wing who supports Hitler, yet many right wings who do.

Also, just because Hitler learned from Marxism doesnt make him left wing. In fact, he went contrary to almost all Marx's values. Lets not forget that Marx was a Jew. So it is absurd to say that Hitler was Marxist because he learned from Marx, as it would be to say that Hitler was a Jew because he learned a lot from a Jew. I can learn a lot from Christians and yet not be a Christian.
Round 5
Pro
#9
Ambas as analogias (dos judeus e aprender com o marxismo) não refutam, muito pelo contrário, favorecem. A primeira é falsa, porque muito dos capitalistas e burgueses da época eram judeus, o artigo "Nazi and soviet economic plannings in 1930s" mostra que o Hitler não poderia querer preservar o capital ou mesmo ser apoiado a ele, pois grandes judeus eram grandes burgueses. Segunda analogia feita pela vossa excelência: é exatamente o que eu disse. Hitler APRENDEU com o marxismo, mas ele NÃO ERA MARXISTA, pois diferia em algumas características como querer a propriedade privada e misturar individualismo + coletivismo, e eu já o disse inúmeras vezes antes essa mesma questão. O Nacional Socialismo foi um sistema econômico adaptado por Hitler. E quanto a raça ariana, ressalto: ele possuía a própria perspectiva do socialismo, não existe apenas o socialismo marxista, há o socialismo cristão, socialismo Fabiano e o socialismo nacional escolhido pelo Hitler e modificado para a ditadura nazista, enquanto ele tentava implementar sua visão e exaltar igualdade entre arianos, sendo inspiração claramente advinda da doutrina marxista. E observando tais argumentos supracitados aqui, preciso ressaltar: Marx dizia que os trabalhadores deveriam unir-se e lutar contra a burguesia. Hitler, expressava a necessidade dos arianos extinguirem judeus. Exemplo simples, evidenciando similaridades.
Con
#10
Thank you for the debate.